Buscar

Ela perdeu a irmã para COVID, mas ganhou um filho. A história de uma mãe em meio à pandemia.



Estava tudo planejado. Malas prontas, passagens compradas. Pedido de demissão no emprego, móveis vendidos, apartamento próprio alugado, era só esperar. A ideia de recomeçar a vida em Portugal finalmente ia virar realidade. Afinal, faltavam poucos dias para a viagem. O voo, marcado para 20 de março. No dia 18, o espaço aéreo de Portugal foi fechado. Encerrava-se ali um ano de planejamento e o sonho de viver em outro país.O novo coronavírus havia jogado a vida da ex-funcionária pública Pollyanna Souza, 43 anos, em compasso de espera.Quase um mês depois, o impacto da pandemia ganharia outra dimensão. Faria Pollyanna chorar a morte da irmã, vítima da covid-19. Em meio à dor extrema, uma ligação telefônica mudaria tudo de lugar. De novo. Leia a matéria na íntegra: https://jc.ne10.uol.com.br/pernambuco/2020/05/5608667-ela-perdeu-a-irma-para-covid--mas-ganhou-um-filho--a-historia-de-uma-mae-em-meio-a-pandemia.html

26 visualizações
contato

Rua Antônio Pereira de Lima, nº 129, São Vicente de Paulo / Lagoa Redonda. Vitória de Santo Antão - PE

CEP 55.606-815

encontre-nos

© 2007 Em defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes. Instituto Vitória Humana

  • favicon
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon